Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa de cristal

Diário de uma sonhadora

13
Dez18

Um ano de patudo!

WhatsApp Image 2018-12-12 at 21.51.29.jpeg

Ontem o meu patudo fez um aninho de idade, embora só o tenha "adotado" aos 6 meses de idade. Vim depois a saber pela veterinária, na primeira consulta, que ele tinha um pequenito defeito e que tinha que ser operado (ficou explicado o porquê desta doçura, já com 6 meses,  ninguém o ter levado). 

 

É uma pena que isso aconteça, rejeitar um animal só porque tem algum problema... mas neste caso ainda bem!!! Não podia ter pedido um animal mais dócil e inteligente, a casa sem ele fica vazia, definitivamente não é a mesma coisa! Derrete toda a gente mesmo aqueles vizinhos que passam a vida a reclamar ( e que nós pensavamos que iamos ter problemas por causa dele ladrar sempre que a campainha toca)!

 

Confesso que nunca pensei vir a gostar tanto de um animal de estimação...e agora sim, compreendo quando as pessoas dizem que é como se fosse da família... é que não podia estar mais de acordo! 

23
Ago18

O "porquinho" barulhento!

Tenho o Nokas (um pincher) desde maio e parece incrível mas já não me imagino sem ele! Quando me mudar para o meu apartamento, vai ser dificil decidir quem fica com ele...acho mesmo que vamos ter que ter "guarda partilhada" 

É super meiguinho, passa grande parte do dia a dormir e quando se lembra...vem pedir colinho. Já faz o xixi na rua ou quando está muito aflito e não está ninguém em casa, vai fazer na varanda. 

Mas tem um grande problema...sempre que vai à rua (desde que sai da porta do prédio) ladraaaaa que é uma coisa parva! Ladra a tudo e a todos, ladra só porque sim!

Graças ao seu temperamento "nervoso" já apanhamos alguns sustos com ele. Se não o pegarmos ao colo, ele corre seriamente o risco de algum cão maior lhe dar uma dentada, porque se atira literalmente para cima dos outros!

A veterinária disse-me que é medo e é provável que ele com a idade deixe de ladrar tanto. De qualquer forma, por uma questão de segurança principalmente para ele, resolvi arranjar-lhe um "açaime" para controlar o ladrar excessivo e de o impedir de comer tudo o que encontra no chão (já aconteceu engasgar-se com um pedaço de osso muito pequeno). 

 

Captura de ecrã 2018-08-22, às 13.25.21.png

 É feito de silicone, super macio e apesar de ficar super fofinho, não resolve o principal problema... continua a ladrar mas pelo menos as pessoas e as crianças já se aproximam com mais facilidade e sem medo. 
Foi super simples para o habituar...mas só o mascaramos de porquinho, sempre que vai à rua de manhã (que é quando encontramos imensos cães também a passear).

E digam lá se o meu "porquinho" não é o patudo mais fofo do mundo?

16
Mai18

Temos patudo!

WhatsApp Image 2018-05-16 at 23.06.29.jpeg

 

Depois de algum tempo a ponderar a ideia de ter um cão, resolvi deixar as coisas acontecerem. E voilá... foi precisamente isso que aconteceu a semana passada! O meu patudo, um Pincher com 5 meses, de olhar meigo veio preencher os meus dias!

Fui buscá-lo na quinta-feira e a adaptação foi fantástica...não ganiu, não teve qualquer problema durante a noite e rápidamente aprendeu a fazer xixi no tapete de treino. O problema agora está precisamente em passar daí para a rua e como previa... não está a ser nada fácil! Mas isto com calma... e doses industriais de paciência é capaz de resultar. 

 

Confesso que tinha algum receio em relação à raça, pelo que já tinha lido, mas até agora (espero não estar a fazer a festa antes do tempo) não tenho qualquer reclamação!

 

Ciumento! Nada. Dá-se bem com toda a gente e adora crianças.
Ladra muito! Muito pouco, às vezes parece que nem existe cão cá em casa.

Impossível não ficar rendida a um patudo super carinhoso, que adora adormecer ao colo.

A experiência tem sido fantástica, super recomendo! 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.