Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Princesa de cristal

Diário de uma sonhadora

03
Jul20

Sugestão de leitura

image-12.jpeg

4.jpg

 

Sinopse

Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos?

 

Muito divertido!

É a palavra que melhor descreve este livro. Eu já conhecia esta autora Leisa Rayven e confesso que li este sem grandes expetativas.

Super leve, ri imenso (gargalhadas mesmo!) achei a personagem principal cheia de sentido de humor! Este é daqueles livros que se fosse adaptado para filme, dava uma comédia romântica bastante divertida.

 

A história em si é engraçada, mas o background dos personagens podia ter sido, na minha opinião, mais explorado...ficaram algumas pontas soltas.

Claro que o final é super previsível, mas eiii as comédias românticas não são todas assim?

Se a ideia é passar umas horas na companhia de um livro, acreditem esta sugestão é perfeita... principalmente para aquelas tardes de verão à beira da piscina/mar! 

09
Out19

#3 Recomendação literária (ou não)

250x.jpeg

4.jpg

SINOPSE

Um rapaz.
Uma rapariga.
Um elo que se forma num segundo. Um amor que nem o tempo ou a distância poderão destruir, pois é eterno…
O jovem Rune Kristiansen está de regresso a Blossom Grove, na Georgia. Foi nessa pacata vila que, com apenas cinco anos, conheceu o amor da sua vida: Poppy Litchfield. Foi lá que cresceram juntos, que planearam um futuro a dois. Quando Rune foi obrigado a partir, os jovens trocaram juras de amor eterno. Poppy prometeu esperar… e subitamente, deixou de dar notícias.
O que terá levado Poppy a remeter-se ao silêncio?
Como pode ela ter esquecido tudo o que viveram juntos?
Para poder avançar com a sua vida, Rune está decidido a deslindar o mistério do afastamento de Poppy. E também completar uma estranha e já antiga missão.
Mas Rune não podia adivinhar que o pior golpe ainda está para vir….
Depois de ler Mil Beijos, dificilmente irá esquecer o nome da sua autora, Tillie Cole. Vai rir, vai chorar, e vai reviver também o grande amor da sua vida…

 

Ontem terminei de ler “Mil beijos” de Tillie Colle e não me recordo de um livro me fazer emocionar tanto (eu chorei literalmente...mas se calhar sou eu que ando demasiado sensível vá...).

 

Não é uma história nova, até porque não traz nada de novo e é muito previsível. Mas tem um apelo emocional muito intenso! Tem passagens muito bonitas e ficamos com o coração cheio! O amor entre os personagens é tão forte que vamos percebendo isso nos pequenos detalhes ao longo da história.

 

Mesmo eu sendo uma pessoa super romântica, e de adorar todos os clichés possiveis e imaginários... neste livro tive momentos em que achei um bocadiiiiinho demais. Mas sabe bem acreditar que existem pessoas especiais e que este tipo de amor existe algures e caramba, isto é ficção... who cares se as coisas são extrapoladas!  

 

Notou-se claramente que a autora pendeu bastante para o lado mais espiritual o que não me incomodou, mas aquele epílogo... O QUE É AQUILO???!!! não fez sentido nenhum para mim...deixou-me mesmo frustrada!

 

Recomendo muito para quem gosta de histórias de amor super fofas e preparem-se porque se forem manteigas derretidas...pufff vão chorar!

24
Jul19

Sim...também eu me rendi ao "After"

1540-1.jpg

Não sei se já ouviram falar deste filme ou do livro?!

 

Esta história começou como fanfiction* e foi publicada no site de partilha de histórias Wattpad em 2013. Na altura teve mais de 1,6 bilhões de leituras online e acabou por ser um tremendo sucesso.

Eu só tive conhecimento da história quando o filme saíu. Numa tarde de domingo, e porque a hora da sessão era a mais oportuna, vejo o filme sem qualquer tipo de expetativa.

YEP... Nada de especial, um filme básico, irrealista e com demasiados clichés ... ok os personagens têm alguma química, mas nada que me fizesse dizer “UAU que filme!”, muito pelo contrário.

 

Mas já se sabe...é rara a adaptação que se mantenha fiel ou pelo menos que não desiluda. Por isso, e como sou uma romântica ... comecei a ler os livros  (adoro ler mas como passo imensas horas ao computador, psicologicamente fico bem esgotada e nem sempre tenho vontade para isso...)

 

Então muitoooo resumidamente a história é a de uma jovem super “certinha” que vai para a universidade, separando-se da mãe (uma mulher autoritária e preconceituosa) e do namorado de infância.

A sua companheira de quarto muito dada a festas e noitadas, apresenta-lhe os amigos entre eles está o bad boy, com um temperamento difícil...psicologicamente muito pesado (ou seja o oposto dela). Entretanto, iniciam uma relação muito intensa, abusiva e eu diria mesmo tóxica.

A história (composta por 5 volumes), cativou-me desde o primeiro momento. É sem dúvida viciante, só para terem uma noção...li o 1º volume de 500 e pouco páginas em 3 dias!

 

Depois de ler o 1º livro e comparando agora com o filme...confirma-se a minha teoria!

Uma tremenda desilusão! Não se mantiveram fiéis ao livro e fizeram demasiadas mudanças na narrativa. Faltou profundidade aos personagens e todas as reviravoltas que nos deixam presos a uma história viciante acabam perdidos.

 

Eu sei que é complicado condensar tudo numa 1h30 mas para mim a história deixou de fazer sentido quando tentaram "suavizar" (demasiado) os personagens. 

Parece que é tudo corrido e não existe muita ligação quando na verdade a história está cheia de pormenores.

Compreendo até que houve uma intenção e um cuidado especial para não enfatizar as relações abusivas/tóxicas. Não que eu ache correto esse tipo de comportamento abusivo/controlador, como é óbvio muito pelo contrário, mas isto é ficção! 

Na minha opinião...fazia mais sentido After ser transformado em série...não num filme! 

 

Hoje comprei o 2º volume...se for tão bom como o 1º... no fim de semana tenho isto despachado! 

 

* Fanfiction - histórias fictícias que podem ser baseadas em personagens e enredos de filmes, series, bandas etc. Ou seja, um fã cria a sua própria narrativa paralela ao original. (neste caso em específico a inspiração foi a boys band One Direction)

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.